Santa Cruz Cabrália

Estátisticas
População estimada 2012 - 34.750
Área da unid. territorial (km²) 1.551
Clima: úmido
Temp.: 25ºC média
Chuvas: maio a junho
DDD: (73)
Feriados

19 de Abril - Dia do índio
26 de Abril - 1ª Missa celebrada no Brasil
29 de Junho - Festa de São Pedro (festa dos pescadores)
23 de Julho - Aniv. Emancipação Política
08 de Dezembro - Festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição

 

praias sta cruz cabralia 03 pontos turisticos sta cruz cabralia 05
Detalhes

TERRA DO MEU CORAÇÃO
Santa Cruz Cabrália se destaca na Costa do Descobrimento pelas suas belezas naturais e histórico/culturais, as quais encantam e entusiasmam o visitante. Lembramos também que aqui temos uma excelente rede hoteleira, além da maravilhosa gastronômia. Conheça você também Santa Cruz Cabrália!
A história mostra a grande importância dessa Cidade para o nosso País, pois foi na Praia da Coroa Vermelha onde aportaram as naus de Pedro Álvares Cabral em 1500 e onde celebrou-se a 1ª Missa no Brasil em 26 de Abril de 1500.

História
A história da cidade de Santa Cruz Cabrália iniciou-se no ano de 1500 com o descobrimento do Brasil, quando o navegador português Pedro Álvares Cabral a procura de um porto seguro, ancorou suas naus num ilhéu de águas claras e calmas, hoje ILHÉU de COROA VERMELHA, dentro de uma baía larga e aconchegante, hoje BAÍA CABRÁLIA.
O capitão-mor, após ao desembarque e ao primeiro contato com os índios Aymoré, tomou posse da nova terra e ordenou que fosse erguida uma cruz com as armas e divisas de Portugal.
Os pontos geográficos denominados de ILHÉU de COROA VERMELHA e BAÍA CABRÁLIA, fazem parte do acervo natural do Município como MARCO DA GRANDE DESCOBERTA.
Neste ilhéu, no dia 26 de abril de 1500, foi celebrada pelo frei Henrique Soares, de Coimbra, a PRIMEIRA MISSA NO BRASIL.
* "... Ao domingo de Pascoela pela manhã, determina o capitão ir ouvir missa e sermão naquele ilhéu. E mandou todos os capitães que se arranjassem nos batéis e fossem com ele. E assim foi feito. Mandou armar um pavilhão naquele ilhéu e dentro levantar um altar bem arranjado e ali com todos nós fez dizer missa, a qual disse o padre Frei Henrique de Coimbra em voz entoada e oficiada com aquela mesma voz pelos outros padres e sacerdotes, que todos assistiram, a qual missa, segundo meu parecer foi ouvida por todos com muito prazer e devoção.
Enquanto assistíamos a missa e o sermão, estaria na praia outra tanta gente, pouco mais como a de ontem, com seus arcos e setas, andava folgando e olhando-nos sentaram-se..."
No dia 01 de maio, na foz do rio Mutarí, foi celebrada a SEGUNDA MISSA NO BRASIL, local este, onde Cabral abasteceu todas as naus com lenha, água doce e, no dia 02 de maio de 1500 prosseguiu sua viagem às Índias.
O tempo de permanência de Cabral e sua armada em terras brasileiras foi de apenas 10 (dez) dias, ou seja, de 22 de abril a 01 de maio de 1500.
*Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha, escrivão da esquadra, narrando a celebração da missa ao rei de Portugal.
Fonte: Sec. Municipal de Turismo de Santa Cruz Cabrália